Agenda de Mulher's Blog

Just another WordPress.com weblog

Cozinha com estilo abril 29, 2010

Filed under: Uncategorized — agendademulher @ 3:30 am

Já ouviu falar sobre cozinha de estilo  e personal stylist?

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pois é, acabei de ler um e-book chamado Cozinha de Estilo , um livro online da Rita Lobo. Ehhh, mulheres, é uma delícia de livro. A Rita e duas consultoras de estilo, Cristina Zanetti e Fernanda Rezende, desenvolveram ideias muito bacanas. Conseguiram relacionar estilo, personalidade, cozinha e criaram 5 estilos diferentes, moderno, clássico, romântico, descomplicado e sexy. Para cada um desses estilos elas fizeram um menú especial, deram dicas incriveis sobre como montar uma mesa e como se vestir com identidade. Me identifiquei um pouco com cada estilo, mas principalmente com o romântico, o clássico e o moderno. Vou tentar fazer algumas das deliciosas receitas do e-book e depois conto como foi, quem sabe role até um videozinho. uhuuu

Mas, enquanto não publico minhas peripécias na cozinha de estilo, leiam o livro. São 80 páginas que saboreamos em rápidos instantes. Ah, no site panelinha, o site da Rita, tem várias outras opções de e-book. Nossa, é d+ esse negócio de baixar livros pela net, é muito fácil adquirir conhecimento hoje em dia, mesmo!

Até +, Pri.

Anúncios
 

Boa Nota!!! abril 27, 2010

Filed under: Uncategorized — agendademulher @ 4:38 pm

Nada melhor do que chegar em casa depois da Faculdade , almoçar  e conseguir relaxar . Hoje foi um dia desses cheguei em casa e fui assistir TV , passando os canais me chamou a atenção um programa, Gnt Fashion  apresentado por Lilian Pacce http://gnt.globo.com/,que falava  sobre as tendências do inverno de 2010.

E aí pensei sobre até que ponto o termo “estar na moda” influencia a vida das pessoas.

Semestre passado eu e as meninas fizemos um trabalho de Semiótica da Cultura sobre o sétimo pecado da modernidade, a endoutrinacão, no qual focamos a moda como uma endoutrinacão e  o poder dela no cotidiano.

Esse trabalho  ficou muito legal , fizemos diversas entrevistas com pessoas do meio da moda e do jornalismo, e além de tudo, tiramos uma boa nota, vale muito apena assistir e refletir sobre esse tema….

Beijos Isa

 

Aniversário do Papai! abril 25, 2010

Filed under: Uncategorized — agendademulher @ 2:58 pm

Qual é a primeira ideia que nos vem à cabeça quando pensamos em comemorar um aniversário?

“Ahhh, vamos sair para comer”

Ontem foi aniversário do meu pai, Vicentão (filha Priscila)….

A dica era: meu pai estava com vontade de comer uma feijuca! Então, pensei em um restaurante de comida brasileira, que tivesse feijoada e outros pratos saborosos da nossa cultura. O Bananeira Morumbi  , um restaurante que busca valorizar o “espírito da brasilidade” e a identidade nacional. Os pratos são inspirados em receitas do Norte ao Sul do país, e preparados em uma churrasqueira de carvão, que mantém e exalta o sabor da nossa terrinha. O cenário em que nos deliciamos com essas comidinhas é todo feito de madeira sustentável, e é repleto de bananeiras e plantinhas, que nos proporcionam um clima praiano em plena São Paulo.

Foto do restaurante que fica no coração no bairro do Morumbi

Interior do restaurante

Prato de carne-seca com um arroz super especial

Quando cheguei ao restaurante dei uma olhadinha no cardápio, e não tive coragem de perder a oportunidade de comer um dos maravilhosos quitutes do restaurante. Deixei o Buffet de feijoada de lado, e me deliciei em um BOROGODÓ dos deuses. Borogodó, um prato de carne seca com cebola, feita na manteiga de garrafa, e um arroz com cebolinha, pedacinhos de queijo coalho e pimenta de biquinho. Hummm, só de lembrar me dá água na boca.

O Restaurante Bananeira, fica na Rua Marechal Hastimphilo de Moura, 477, Portal de Morumbi. Essa rua é próxima a Av. Giovanni Gronchi.

Galera não deixe de conhecer esse restaurante, é uma experiência gastronômica muito deliciosa!

Pri ; )

 

Eu sou 12 por 8 abril 20, 2010

Filed under: Uncategorized — agendademulher @ 12:20 am

Começa uma nova campanha para a conscientização da população sobre a importância da pressão arterial estabilizada. Junto à Urban Summer Digital Creative, de Eduardo Grimberg, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) pretende divulgá-la via facebook, orkut, twitter e blogs…e aqui estou eu, ajudando na campanha “eu sou 12 por 8”.

A pressão alta atinge 30% da população adulta brasileira, cerca de 30 milhões de pessoas e causa infartos, derrames e insuficiência renal. A hipertensão mata cerca de 7,6 milhões de pessoas por ano, no mundo inteiro e mais da metade das vítimas tem entre 45 e 69 anos.

Talvez esse assunto não seja só direcionado às mulheres, mas acho muito importante a divulgação dessa informação. Então espero que, com isso, as pessoas fiquem mais atentas e confirem a pressão com mais frenquência, para não dar bobeira, pois muitos têm e nem sabem.

Eu sou 12 por 8, e vc??

Beijo, Gabi

 

Nós e a Gripe A abril 13, 2010

Filed under: Uncategorized — agendademulher @ 2:32 am

Segundo o Ministério da Saúde, nós mulheres somos as principais vítimas da Gripe Suína.

Das 50 mortes registradas neste ano, 76% são mulheres, sendo 32% gestantes.Para que esse número não aumente, é importante que tomemos a vacina na etapa certa. Agora é a vez dos adultos entre 20 e 29 anos, do dia 5 ao dia 23 de abril.

Vamos nos imunizar contra a gripe H1N1 e não permitir que o número de mortes cresça ainda mais.

Beijos, Gabi.

 

Preciosa abril 12, 2010

Filed under: Uncategorized — agendademulher @ 3:41 am

Ganhador de  2 estatuetas do Oscar 2010, o filme Preciosa, baseado no livro homônimo da americana Sappire, vem conquistando cada vez mais o público no mundo inteiro.

No filme  Claireece “Preciosa” Jones, estrelado pela atriz Gabourney Sidibe,  é uma adolescente sonhadora. Nos seus sonhos, ela gostaria de ser uma cantora ou uma atriz famosa. Porém sua realidade é outra. Preciosa é pobre, negra, extremamente gorda, apanha da mãe, está grávida do segundo filho e traz uma história de vida inacreditavelmente sofrida. Então quando ela se imagina famosa, rica e bonita, Preciosa não esta agindo como qualquer adolescente que tem sonhos de se tornar uma celebridade, na verdade ela tenta escapar de sua própria realidade.

O filme além de mostrar a vida de Preciosa, trata também de assuntos como racismo, pobreza, injustiça social, violência doméstica e  abuso sexual, no qual o diretor Lee Daniels soube trabalhar  com dignidade, senso profundo de realismo, e claro muita emoção.
Totalmente estreante, Gabourney Sidibe no papel principal do filme é um verdadeiro achado para interpretar uma menina de 15 anos. Com olhar perdido, voz marcante e ar de quem não sabe o que está fazendo neste mundo, a garota dá à sua personagem um incrível senso de alienação que mais tarde perceberemos não ser exatamente um descaso diante da vida, mas sim um escudo, uma crosta criada pelas feridas do mundo. No decorrer da trama, seu personagem cresce, ganha autoestima. E, nos momentos de sonho, a atriz se transmuta totalmente. Vira outra, bem diante dos nossos olhos.

Este filme, recheado de muito drama, mostra a realidade que muitas meninas enfrentam no dia a dia. Aqui fica uma dica para quem gosta de um bom entretenimento, com ótimos atores, trama, enfim um pote cheio para um momento delicioso de diversão.

Beijos, Mari

 

In on It abril 6, 2010

Filed under: Uncategorized — agendademulher @ 11:35 pm

Embora não seja possível pra todo mundo ir ao teatro gostaria de comentar sobre a peca que está em cartaz no  Teatro da FAAP. Trata-se de In On It, texto de um dramaturgo canadense chamado Daniel MacIvor. Texto espirituoso, irônico, cômico e trágico. A direção é Henrique Diaz que trabalha com preciosismo o tempo, o espaço e, assim, constitui a cena como um lugar de passagem entre ficção e realidade. Talvez o teatro que nos anime hoje seja este que, sem trair a ficção, nos prometa a vida que, justamente, só a ficção pode fotografar. Vale dizer em tempos de bigbrothernização da vida.

A peça é um sutil jogo de luz e sombra em que personagens se desenham instantaneamente no corpo de dois atores: Emílio de Mello e Fernando Eiras (este último numa interpretação provocativa para quem gosta de pensar na existência, virtuosista para quem quiser pensar na técnica…) como se viessem de um lúmen e de um breu, como se fossem displays em uma cena e, todavia, vivíssimos.

A peça trata de vários conteúdos: o amor neurótico, o sentimento aterrorizante, ao mesmo tempo que banal, da finitude , o entorpecimento das relações familiares e amorosas. Mas nenhum deles tem sentido fora da forma de inspiração da tragicomédia. Uma espécie de fantasmagoria que só se explica pela cor com que se pode encenar o deboche, a melancolia, o medo e, por fim, a aposta de que apesar de tosca, e – por isso mesmo – a vida poderia ser uma ópera menos ridicularizante, apenas porque nos despiríamos do nonsense básico com que aceitamos encenar, não a peça, mas a vida.

Sempre penso que encenamos a vida, que não é possível estar fora da existência e que ela tem sua parte de teatro. E será mesmo que a vida é um teatro?

Quem tiver curiosidade dê uma olhada: http://inonit.wordpress.com/

Beijos Isa